Recomendo: Won’t back down

Créditos da imagem: Liberty Voice Magazine

Créditos da imagem: Liberty Voice Magazine

Bom dia leitores lindos…

Ontem a noite foi dia de Netflix, só para variar um pouquinho, e um dos filmes recém adicionados a streaming mais amada do país foi o que decidi assistir. Ta-dá-dá…… O título da vez foi Won’t back down, ou A luta por um ideal.

Esse filme foi dirigido pelo Daniel Barnz, que também dirigiu Phoebe in Wonderland, que já comentei aqui no blog, se não me falha a memória hehehe Mas não diferente desse, Won’t back down trata de doenças/transtornos que afetam as pessoas desde bem cedo, ainda na fase escolar, ou até pré escolar. Esse tipo de filme me chama atenção, pois funcionam como uma fonte de informação para os pais e para as pessoas que convivem com essas pessoas no dia a dia.

Outro ponto que muito me interessa nesse filme é o elenco. Eu tenho um “que” com alguns atores; uma necessidade de assistir aos filmes que eles fazem parte, e um deles é a Viola Davis, que interpreta a Nona nesse longa. Sei lá, ela consegue passar as vontades e as angústias do personagem de uma forma tão verdadeira, é uma interpretação bem expressiva, e eu valorizo muito isso em um ator. E senti o mesmo com a Maggie Gyllenhaal (Jamie), apesar de nunca ter visto um filme com ela – acho.

Bom, mas sem delongas, vamos a história. O drama retrata a dificuldade que a mãe Jamie tem de encontrar uma escola que consiga dar a atenção que sua filha Malia (Emily Lind) necessita. Malia sofre de dislexia, e por isso tem dificuldades de aprendizado em comparação com os colegas. Para quem não está adaptado ao termo, uma pessoa dislexica tem um transtorno que faz a pessoa ver as palavras desconexas, dificultando a aprendizagem.

Jamie vê em Nona, professora da outra turma, a chance de assumir a escola e implantar ideias para melhoria do lugar, como professores mais dedicados e grade mais diversificada. Juntas elas lutam para conseguir apoio dos pais e professores para peticionar a posse da escola junto ao conselho escolar.

O desenrolar da história é lindo, é emocionante. Nos mostra os pontos fracos que até os pais mais dedicados têm, e mostra a triste realidade que vivemos atualmente, com alguns professores completamente desmotivados e desacreditados em nossas escolas públicas.

Untitled 1

Sem dúvida é um longa que nos dá esperança para crer que temos coisas boas por vir, e que não podemos desistir disso.

Espero que assistam, aproveitem bastante e que depois venham me dizer o que acharam.

Que a Segunda de vocês seja linda e ensolarada, e até a próxima.

Anúncios

Não tenha vergonha. Anda, comenta logo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s