Quando a ficção te faz pensar…

Oi oi pessoal

Que eu sou viciada em séries e filmes, já não é novidade pra mim. Há muito tempo descobri isso, então nem pesa a consciência falar tanto disso pra vocês, já que é realmente o que eu faço todos os dias 🙂

Anteriormente comentei sobre uma dorama que eu estive assistindo nas férias, e hoje vou abordar o enredo dela de uma forma diferente. Para quem não se lembra, ou não leu o post, vou recapitular a essência da série, assim ninguém fica perdido. Aviso, vai ter spoiler, já que não uma indicação, mas sim uma reflexão 😉

Pinocchio é uma dorama coreana, que conta a história da vida de In Ha e Dal Po. Antes deles se encontrarem, Dal Po teve sua vida destruída devido uma reportagem envolvendo sua família. Seu pai, bombeiro condecorado, sai para atender a um chamado de incêndio numa fábrica, e em busca de sobreviventes, entra com sua equipe no edifício. Uma explosão acontece, e todos eles morrem.

screen_shot_2014-11-13_at_12-21-16_pm

Na época, a jornalista que conduziu a reportagem, Song Cha Ok, acusou ao pai de Dal Po de imprudência ao mandar os companheiros de trabalho correr esse risco, e a população foi impiedosa. Mesmo sofrendo da mesma perda, a família foi humilhada, e questionada a todo instante, e não aguentando mais a situação, a mãe de Dal Po se mata, o irmão mais velho sai de casa para tentar desfazer a situação, e o menino, ainda pequeno, foge achando que não tem mais ninguém no mundo.

screen_shot_2014-11-13_at_12-35-40_pm

Nesse momento ele se encontra com o avô de In Ha, e passa a viver como seu filho. Muita coisa acontece, as crianças crescem, e apesar de ter ódio dos repórteres, Dal Po segue os passos de In Ha, e torna-se um repórter.

Focados em retratar a verdade a qualquer custo, o time investigativo que eles fazem parte, descobrem que o incidente da época foi manipulado por pessoas importantes, responsáveis pelo acidente, que tentavam culpar a outros, para se safarem de seus crimes.

kim-young-kwang_1418418709_20141212_pinocchio_32

Esse é o enredo do drama, e apesar de ter toda a parte romântica e cômica, isso fica bem claro, e nos faz pensar no poder que os noticiários e agora também a internet, tem sobre nossos pontos de vista. Por mais que muitas pessoas não assistam, ou não leiam sobre os acontecimentos, elas ouvem de outras pessoas, e por não termos presenciado os fatos, nos baseamos somente pelo que nos contam.

kim-young-kwang_1419005595_20141219_pinocchio_2

Quero deixar claro que essa não é uma postagem repudiando a profissão, muito pelo contrário. É justamente para demonstrar a importância desses profissionais. Em todas as áreas temos os profissionais que buscam o caminho certo, com verdade e sem prejudicar os outros, mas sabemos também que existem aqueles que não se importam em fazer o mal para poder subir na vida.

Sem duvida alguma, a ficção nos faz repensar em muitas de nossas atitudes… Me lembro bem quando do lançamento do filme 2012, que muitas pessoas passaram a se importar mais com o mundo – mesmo que por um período curto -. Até mesmo para mim, que não sou do ramo jornalistico, essa série foi um tapa na cara pra acordar pra vida, porque muitas vezes nós passamos alguma fofoca pra frente, que nem sabemos se é verdade, mas porque faz sentido, contamos como se fosse.

Para qualquer pessoa, a palavra é muito importante, porque independente com quem seja, nós temos crédito e deveríamos usá-lo para ajudar.

Espero que pra esse ano, que já está a todo vapor, sejamos menos como Cha ok, e mais como In Ha e Dal Po, sempre buscando e contando a verdade 🙂

Até a próxima.

Anúncios

Não tenha vergonha. Anda, comenta logo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s