É trend: Jaqueta de couro

Olá viajantes!

As tendências vem com tudo, e cada estação tem seus destaques. Mas sempre tem uma peça que vai bem com tudo, com todos, em qualquer hora ou época do ano.

Hoje trouxe alguma combinações bem legais, compostas com a consagrada jaqueta de couro preta. É tanta variedade que não tem como negar, ela nunca sai de moda.

A jaqueta de couro é geralmente tirada do fundo do armário no inverno, mas quem costuma usar sempre sabe o quão fria e ingrata ela pode ser quando o ar gelado chega. Uma solução bem simples é usar por baixo uma malha, ou blusa mais quente. É um combo incrível, pois a peça de baixo esquenta, enquanto a jaqueta barra o vento 😉

Justamente por não esquentar tão bem quanto um moletom, é que a jaqueta de couro é vista em todas as estações do ano – mesmo que mais em umas do que em outras. A composição da Flavia é um exemplo perfeito. Um vestido no modelo super verão, e a jaqueta por cima para fugir do vento que chega o final da tarde/inicio da noite.

Além de coringa para dias quentes, é ótimo para criar uma combinação all black, como a Frida e a Viktoriya fizeram.

Mas jaqueta tem de toda cor e modelo, não é mesmo?! Então por que aderir a de cor preta? Ela é super básica, e dá pra usar acessórios mais coloridos e chamativos. Desde lenços e cachecóis, até malhas de tecidos e cores diferente, como no look da Jessica.

Viram?! Dá pra brincar bastante com essa peça que é tendência o ano todo.

Eu particularmente adoro, e inclusive preciso de outra porque a minha está andando sozinha kkkkkkk Mas e vocês, são adeptos das famosas jaquetas de couro preta? Conta pra mim.

Espero que tenham gostado, um beijo e até a próxima.

É Trend: pisando em ouro

Oi oi pessoal.

Como já dizia o Mika, We are golden, e não há nada melhor pra completar esse combo dourado do que sapatos e acessórios no tom, não?!

Fui ao Shopping pouco tempo atrás, e em uma dada loja encontrei um chinelo maravilhoso. Assim, eles brilharam aos meus olhos, e não pude deixar de experimentar. Infelizmente não me serviu, tinha um tamanho abaixo e dois acima, e não ficou confortável. Mas a ideia ficou na cabeça, então claro fui em busca de calçados nesse tom que já foi o must have dos lápis de colorir.

Os sapatos fechados são os que dão maior destaque a cor, e dá pra ver o brilho reluzente tanto a luz do dia, quanto a noite. É lindo. E vamos lá, se engana quem acha que vira “a peça cheguei” do look; combina super bem, e dá um ar até mais neutro dependendo do tom das peças compostas.

Depois da época em que os tênis ditos “sneakers”, que são com cano acima da canela, foram febre entre os fãs da banda Restart, os tênis dourados viraram necessidade, e é super comum vê-los nos pés das pessoas enquanto andamos nas ruas. O look da Karen Cardiel é composto por um desses modelos, e fica muito bonito.

Entre os calçados abertos a opção é enorme. Desde os saltos mais finos, muito comuns em sandálias para festa, quanto em plataformas tratoradas, que está conquistando cada vez mais os consumidores. Esse modelo que a Valentina e a Anita estão usando, que é uma faixa platinada, está super em alta, e posso afirmar, é super confortável pois não fica pegando entre os dedos.

E para quem gosta de rasteiros, tem também? Teeeeeeem! Esses dois modelos me deixaram encantada, de verdade. Esse chinelão da Ina é o modelo que encontrei na loja, e eu vou encontrar no meu tamanho, sei que vou 🙂 E é conforto puro, gente. Mas para quem não gosta do estilo chinelo, aberto atrás, tem com corrente também, que dá um ar completamente diferente.

Vocês viram, tem dourado pra todo mundo, e pra todo tipo de gosto. É uma tendência que vem crescendo, e que a meu ver, só tem a aumentar. É LINDO MESMO!

Mas conta pra mim, tem visto calçados dourados por ai? E o que acha dessa tendência? Será que pega mesmo?

Espero que tenham gostado, um beijo, e até a próxima.

Desvendando o branco

Oi oi pessoal

Eu adoro pagar barato em coisas, e aposto que vocês também. No início do mês a empresa onde trabalho fez um brechó voluntário, ou seja, os funcionários doaram roupas, para que os outros comprassem mais barato. Todo o lucro foi revertido em doação para entidades, e de quebra tivemos opções baratinhas pra completar o guarda-roupa.

TUDO DE BOM

Claro que fui conferir, porque adoro comprar – super novidade, só que não kkkkkkkk Bom, no meio de tudo o que tinha, encontrei uma calça branca, que eu sempre quis, mas acabei por nunca comprar.

Bem, é uma peça complicada de combinar, pois devido a transparência você perde horas misturando, e claro, busquei inspirações para usá-la sem marcar todo o corpo, e encontrei combinações lindas, e não pensei duas vezes em trazer para vocês.

A maneira mais prática é sem dúvida o uso de camisas mais compridas, ou o uso de casacos compridos. É importante levamos em consideração o tipo de compromisso, pois se usarmos o exemplo da Alexandra, em algum momento ela terá que tirar o casaco grosso, e então ele não terá o efeito desejado. No entanto, a Elisa escolheu uma peça leve, que pode ser usada até mesmo com climas mais quentes.

Caso você encontre a peça certa, é só aproveitar a liberdade, e sair do jeito que está. Eu adorei essas combinações, principalmente as com o jeans azulão na parte de cima. Dá um contraste muito bonito.

Por fim, o clássico preto e branco. É uma combinação neutra, mas que casa com todos os estilos, escolhendo bem as peças. Eu uso muito o branco na parte de cima e o preto embaixo, mas agora posso repensar, e variar um pouco ❤

Quero aproveitar para explicar rapidamente meu sumiço ;D Os aplicativos do meu celular atualizaram, e sumiram todos. Quando tentei baixar o app do WordPress novamente, não deu certo, porque o sistema operacional do meu aparelho está ultrapassado #ThanksApple Como não posso trocar, o acesso é somente pelo computador, que quase não estou usando. Mas estou pensando em uma solução, e espero em breve voltar a vida normal 🙂

Bom, espero que tenham gostado das combinações de looks com a calça branca, e quanto a ideia do bazar, fica a dica pra quem busca uma forma de ajudar. Arrecada um bom valor para doação, e se livra do acúmulo de roupas sem uso ❤

Um beijo e até a próxima.

Eu vejo o futuro repetir o passado

Oi oi pessoal

O título dessa postagem já foi cantado por Cazuza, mas também cabe super bem pro assunto de hoje, afinal quando pensamos no mundo da moda, não tem verdade maior; As tendências estão sempre voltando a tona. Por isso, hoje resolvi trazer algumas ideias para usar a famosa flanela vermelhona.

A peça onde essa estampa é a mais usada, sem dúvida, é a camisa de botão. Amarrada na cintura, ou por cima de uma camiseta, essa é uma das formas que nunca desapareceu.

Fechadas, por dentro da roupa, ou com um casaco por cima, também são uma boa pedida.  Mas engana-se quem pensa que essa estampa é usada somente dessa forma; tem muita variedade, e dá pra fazer bastante coisa legal.

camila rech.png

Os acessórios em flanela também são super comuns, principalmente lenços e boinas. É uma sensação em todo tipo de produto mesmo.

Um item que tem sido muito visto, é a saia xadrez nessa tonalidade. O corte mais comum é o famoso “patricinhas de Beverly Hills”, mas também tem as saias longas, ou em corte midi, como escolhido pela Grazy.

 Verdade seja dita, independente da peça, a mistura vermelha e preta é um charme e funciona desde os looks mais despojados, aos mais produzidos. Mas e ai, o que vocês acham da febre da flanela? São adeptos da tendência?

Um beijo e até a próxima.

Meu EU brega

Oi oi pessoal!

Sabe aquela coisa hiper ultrapassada que você tem, mas que não se desfaz de forma alguma, porque é um amor eterno entre você e ela? Pois bem, se você é da época dos meiões, você conhece bem o meu EU brega.

Sou apaixonada por essas meias gigantes, e uso inclusive fora de casa, viu? Não vale usar somente durante o inverno, e dentro de casa ;D Até porque, cade inverno? Fugiu!!!

Pois saibam que recentemente descobri que posso continuar com a minha doideira, porque não sou a única kkkkkkk Junta dois doidos e basta, torna-se normal, e não há argumentos pra convencer do contrário!

Além dos meiões até o joelho, está sendo muito usadas as meias divertidas. Seja de bichinhos, geometrias ou aleatoriedades, elas são um sucesso, e são consideradas acessórios inclusive.

 

Mas se você é do tipo mais discreto, tem as eternas meias com listras. Elas são mais neutras, e posso confirmar que essas belezinhas nunca saíram de moda ❤

É um universo bem extenso, e dá pra usar meia todo dia. A quem use até com sapatos abertos. Eu não sou adepta, mas já vi combinações bem legais 🙂

Mas e ai, já pensaram em aderir ao vício das meias extravagantes? Acham que a moda pega?

Um beijo e até a próxima.

Febre da vez: Camisetas estampadas

Oi oi pessoal

Vocês ficaram de olho nas promoções da Semana do Consumidor? Muita gente acaba não aproveitando essa período para comprar, pois acredita que é apenas uma forma das lojas trazerem os clientes, mas sem oferecer ofertas reais. Eu fui para o centro comercial de Campinas ontem, e tinha MUUUUITA promoção mesmo.

Como sou um pouco descontrolada na compra de roupas, essas promoções foram as que mais me chamaram atenção. Um dos itens que fiquei vidrada foram as camisetas estampadas, que eu sou apaixonada, e acabei trazendo pra casa, óbvio. Como sou adepta de looks compostos com camisetas, trouxe algumas ideias bem legais pra quem ainda tem receio de misturar.

Nessas quatro primeiras ideias, a camiseta é combinada com calça. É caraterística das camisetas terem um comprimento maior, ultrapassando o cós da peça de baixo. É justamente isso que dá aquele efeito mais “despojado” da peça, que o descarta na hora de escolher o look mais arrumado. Os exemplos que trouxe acima são com a camiseta para dentro da calça – coisa que eu sou apaixonada, e vivo usando -, e é perceptível como já tirou essa impressão característica.

Pra esse quarteto trouxe ideias compostas com saia, e separei em cartela de cores marcantes e neutras. O primeiro look é super colorido, e bem marcante, pra quem gosta mesmo de abusar das cores. Já o segundo, apesar de ter bastante cor na camiseta, num todo, o look está mais neutro. As duas últimas são compostas por uma cartela de cores bem básicas, e pra quem não gosta de arriscar muito com tons fortes.

Eu mesma não costumo usar saias, pois me sinto desconfortável, então é claro que não poderia deixar de fora as combinações com shorts, que apesar de deixar as pernas de fora, dão maior liberdade ao se movimentar. A peça da primeira imagem passa a impressão de ser saia, justamente devido a assimetria do corte, que também dá uma diferenciada bem legal.

Viram só, camisetas estampadas  são super coringas, e não tem desculpa pra não usar. Vou deixar a dica da C&A, que tem muitas estampas legais. Eles tem bastante opção tanto no setor feminino, quanto no masculino, que eu acabo preferindo mais, pois não ficam tão justas no corpo.

Mas diz pra mim, vocês aproveitaram as ofertas da semana do consumidor? Conta pra mim.

Um beijo e até a próxima.

 

Inovando no acessório: gravata

Oi oi pessoal

Recentemente comecei a ficar bem encanada com o meu pescoço/colo, e não consigo deixar que eles fiquem desnudos. Então seja colar, lenço ou gargantilha, eu tenho usado algum acessório. Mas claro, a gente vai enjoando de estar sempre do mesmo jeito, então fui em busca de um novo acessório para essa área, e me deparei com as gravatas.

Quanta coisa linda!!! Eu sempre achei bonito e tudo mais, mas nunca tinha pensado em usar. Na verdade estou me adaptando a ideia, mas gostando cada vez mais. E conforme fui pesquisando, fui vendo que existe muita opção, e modelos ainda mais diferentes do que os que já  conhecíamos.

Os modelos mais tradicionais são super fáceis de encontrar, e até mesmo de se fazer. O look da Kinga, por exemplo, é uma gravata preta lisa, dessas que vendem em lojas masculinas mesmo. É um modelo super simples, mas que dá uma super diferença no conjunto todo.

Quando mais tem se popularizado o uso da gravata por mulheres, mais as marcas têm inovado, e criado modelos mais curtos e delicados. É um acessório que realmente combina com tudo, desde um look mais social, até o mais despojado, combinado com jeans e malha.

E claro, tem os modelos mais coloridos e chamativos, que eu sou super fã. Dá pra brincar bastante com as cores e os cortes. É bem uma questão de ousar, como feito pela Slandjana que optou pelo combo gravata e blazer da mesma cor.

O que vocês acham dessa moda, será que pega? Eu estou achando o máximo, e já estou procurando uma que combine comigo.

Um beijo e até a próxima.

Vício da vez: Lenços

Oi oi pessoal

Não importa qual idade você tenha, onde você nasceu, ou por quem você foi criado, a probabilidade de você usar acessórios é de cem por cento. De um simples brinco, até chapéus extravagantes, tem pra todos os gostos.

E claro, pensando nisso, as marcas vem investindo cada vez mais em acessórios, e uma das maiores apostas é o lenço. Eu sou muito suspeita pra falar, porque sou apaixonada…

Desde sempre os lenços são usados, e se engana quem ache que são escolhidos puramente para aquecer o pescocinho. Mais que isso, é um charme, e até debaixo de sol é possível ver pessoas utilizando – olá-á! -.

Existem muitas derivações para os lenços, e é possível encontrar em todas as faixas de preço. Os mais tradicionais, denominados pashimina, são feitos de lã de caxemira, e estão no meio termo entre a indicação para climas quentes, e climas frios. Há também os belíssimos cachecois de lã, as leves echarpes, e por ai vai…

É um mundo cheio de combinações, não é? Sou apaixonada por esse acessório, tenho muitos, e sempre quero mais ❤

Dentre os looks veraneio que trouxe para o blog, quero destacar o da Alessandra Ambrosio, do Hector e do Alican. Por serem de tecido menos robusto, e terem o ar mais leve, esses lenços realmente já dão a impressão de serem somente acessórios, e não mais servirem para aquecer o corpo.

São muitos os modelos, são muitas as colorações!!! Dá para usar e abusar.

Mas e você, costuma usar esse tipo de acessório, assim como eu?? Se não, eu aconselho a tentar, porque vai se apaixonar, sem dúvida.

Espero que vocês tenham gostado. Um beijo e até a próxima.

É TREND: Saia sino

Oi oi pessoal

Quanto mais o tempo passa, mais nós percebemos o qual trabalhoso é conciliar todas as atividades que nós temos, sem perder o cabelo. Fácil mesmo é aprender a viver de corretivo e não desligar nem durante o almoço.

Eu estou na segunda fase, sobrevivendo por enquanto. Mas apesar de conseguir manter algumas atividades, inclusive o blog, senti falta de alguns tipos de post que eu trazia aqui pro blog, e um deles é o de tendências do momento. Eu não sou nenhuma fashionista, mas estou sempre de olho no que é novo, e claro, no que me chama mais atenção. Posso até dizer, acima disso, que estou de olho no que eu super usaria. E é por isso que trouxe essa tendência, pois é algo super usável, e que tem muitas coisas positivas para falar sobre…

Untitled 1

O É trend está de volta, e para falar da saia sino, que tem feito a cabeça de muita gente por ai! Se você, assim como eu, não sabe reconhecer uma peça somente pelo nome, vou explicar do que se trata. A saia sino pode ser de vários comprimentos, desde abaixo do joelho, até bem acima dele. Mas a característica que a define é ser justa na parte de cima, e na extremidade inferior abrir um babadinho.

Em geral elas são de um tecido mais robusto, que dão um caimento super bonito, porém são simples, e por isso precisam do volume do babado para garantir o charme da peça. O positivo desse tecido mais grosso é que a saia não sobe em dias de ventania, mesmo sendo hiper curtinhas. Mudando um pouco o clima, ela é um modelo super lindo para usar com meia calça, ou seja, não vai sair do seu corpo, seja no verão, ou no inverno.

A versatilidade é outro ponto super positivo pra esse modelo. Desde as produções mais elaboradas, até o combo saia + moletom, ficam super bonitos e charmosos com a saia sino. Você pode ir de salto, bota ou sapatilha, que a combinação estará perfeita.

Mas é bom tomar cuidado, pois existem muitos modelos de saia sino, e você pode acabar caindo do penhasco se escolher o errado. Vale lembrar que sempre vai depender do seu gosto.

Não preciso dizer que amei os modelos que eu trouxe, não é?! Mas meus dois preferidos foram o da Isabella Fiorentino, porque o.o O que é essa saia? Perfeita. E o da Lu Ferreira, porque tudo ornou muito bem, além da cor da saia ser básica/chamativa ao mesmo tempo.

E ai, o que acharam desse modelo? Já compraram a de vocês? Eu estou procurando muito, mas até agora não achei 😦 Tristeza batendo kkkkkkk Mas sou insistente, e continuo a busca 😉

Eu espero que vocês tenham gostado. Um beijo e até a próxima.

É trend: Shift dress

Oi oi pessoal

Já não é novidade que tendência que foi, mais cedo ou mais tarde, irá voltar. No decorrer desse ano, e dos anteriores, tivemos vários exemplos.

No post de hoje, trago uma tendência que já voltou a cena duas décadas atrás, e que é uma aposta para retorno ao mundo da moda.

Não comentei ainda com vocês, mas meu vício de series da vez é Friends, e não tem um dia se quer que eu não assista. Há algumas semanas cheguei à terceira temporada, e notei uma tendência bem forte da época, que já tinha aparecido na década de 1960. Por pura coincidência, na mesma semana fui ao consultório médico, e me deparei com a mesma tendência na revista Estilo, edição de Novembro de 2014… Só podemos concluir que é uma peça queridinha, e que provavelmente irá voltar em breve.

molde 1.png

A peça denominada shift dress, é um coringa, e super democrático pra todo tipo de corpo. Muito similar aos de corte trapézio, esses vestidos são bem soltos na extremidade, mas com top mais justo. A Mônica Geller e a Rachel Green vivem usando na série, e na realidade só penso em como o vestido não sobe, porque são é hiper curtinhos. euheueheu

O que eu gostei neles?

São básicos, com corte clássico, e ficam lindos com qualquer complemento, seja um acessório maxi, ou mini.

Onde encontrar?

Isso é um pouco mais difícil, porque como não é uma tendência tão atual, não é possível encontrá-los nas lojas mais populares, que é onde eu compro, por exemplo. Mas por ter uma costura simples, e não ter detalhes no corte é possível comprar o tecido e levar a uma costureira. Claro, sempre há os que têm o dom da costura, e ai dá para você mesma fazer.

molde 2.png

Esse modelo ficou bem conhecido na década de 1960, sendo a maior aposta das grifes, como é o caso do famoso vestido Yves Saint Laurent, cheio de geometria e de material sintético. Quem não lembra?

Mondrian Yves Saint laurent.jpg

Créditos da imagem: Blog Un  Vestido

Na mesma época, a modelo Twiggy usou e abusou, e fez desse corte de vestido sua marca registrada.

modfashion3

Créditos da imagem: Blog K Ashley Simpson

O fato é, a peça tem aparecido muitos pelas ruas, e pelas passarelas, e espero que em breve, volte como um queridinho nas fast shoppings de todo o Brasil, porque eu quero muito um pra mim ;D

Não deixem de curtir a página do Blog no Facebook, para saber de todas as novidades. Bjs e até a próxima.