Como tenho me visto

“Maquiagem cê não usa pra agrada os outros ce usa pra se sentir mais poderosa mais mulherão fazer carão e lacrar chegar no samba no role”. Twitter @Namorou

Poucas coisas TÊM de estar presentes em uma pessoa. Grande parte do que somos é uma escolha, mas essa coisinha em especifico é obrigatória, e apesar de muita gente não ter resquicio disso em si, é somente nós mesmos que podemos conquistá-la. Essa coisinha é a autoestima. 
Por definição, autoestima é o “apreço ou valorização que uma pessoa confere a si própria, permitindo-lhe ter confiança nos próprios actos e pensamentos”. 

Pode parecer simples, afinal como alguém pode não valorizar-se, não se auto apreciar. Pois bem, é esse quadro, praticamente inacreditavel, que encontramos ao conversar com muitas pessoas, pessoas que não dão-se o devido valor, que se vêm inferiores aos seus próximos, e que por muito, se perdem entre o que são, e o que os outros querem que ela seja.


Quem me conhece sabe que sou da vibe “eu me amo”, olho para frente acima de tudo, e é difíci me atingir com comentários sobre mim, mas nem sempre fui assim.

Sabe aquela história de se mostrar forte? Costumava agir pensando isso, que precisava me mostrar forte, mesmo não estando. E não é fácil você sair desse quadro porque você acaba realmente acreditando estar bem, quando na verdade, só aumenta sua fragilidade.

Me gratifica muito o fato de hoje me sentir assim em verdade, me vendo como eu sou, e não como quero que me vejam. Sinto mais vontade de sair, de ver gente, de cuidar de mim… Enfim, amar e cuidar de mim.

É extremamente fundamental entendermos a importância disso, e nos valorizarmos ao máximo pelo que somos.

Pense e repense em você

 

Olá viajantes!

Indo e voltando em diversas questões levantadas em minha cabeça ao longo das semanas que se vão, acabo chegando sempre no mesmo fator. E voltar a um mesmo ponto diversas vezes começou a me intrigar, e questionar o porque somos tão relapsos com algo tão óbvio.

BABI

Em Fundamentals of Caring é mencionado o fluxo da imagem cima; ALOHA. É claro que no filme o objetivo é diferente do que trarei aqui hoje, mas serviu de base. Enquanto abordarei uma forma de ganhar satisfação pessoal, o acrônimo é sinônimo de não se envolver demais, não se apegar nas outras pessoas.

Resumo ultra básico do filme: Ben é um escritor a ponto de divorciar-se, que resolve entrar no ramo de cuidador. Para habilitar-se na função, ele passa por um treinamento de como não deve se envolver demais na vida de quem está sendo cuidado. No desenrolar da história, é óbvio que ele se envolve, até porque ALO, SER HUMANO, não é?! E por fim deixa de ser cuidador. PS: Não foi um spoiler 😡

Mas o que raios esse filme tem a ver com o assunto, tomando por base o título do post? Eu sou do tipo que sai vendo significado nas coisas – até onde não tem -, e acabo tirando muita coisa dos filmes que assisto.

“Não posso cuidar de outra pessoa antes de cuidar de mim”… Na verdade não podemos fazer nada sem estarmos bem, e acima de tudo, nos sentirmos bem. E é ai que o ALOHA entra. O vai e vem de pensamentos que citei no início tomam rumo devido a ele.

Vamos imaginar que você não está num dia bom, e simplesmente isso, sem se apegar ao que está lhe dando essa impressão.

❤ ASK – pergunte-se o que está te deixando inquieto/infeliz.

❤ LISTEN – responda com sinceridade a si mesmo, mas acima disso, se ouça com calma. Sem meios dedos, e sem se preocupar com seu tempo. Lembre-se de que não pode cuidar de nada sem cuidar de você.

❤ OBSERVE- Depois de concluir o que está de errado, observe o que está te levando a essa situação. Muitas vezes é involuntário, e pode ser facilmente corrigido.

❤ HELP – Seja no que for, coloque-se em primeiro lugar as vezes. Não adianta analisar sua necessidade, se não for atendê-la; se ajude. Não estou dizendo pra esquecer do outro, e fazer o que quer/precisa a todo custo, estamos falando de suas próprias mudanças aqui.

❤ ASK AGAIN – Pergunte-se novamente. Você continua inquieto/infeliz?

é um fluxo bem simples, mas que por muitas das vezes deixamos de lado e acabamos levando a vida de uma forma insatisfatória. Em algumas situações, até chegamos ao estágio de análise e início de mudança, mas não nos questionamos novamente se aquela mudança foi boa ou se serviu somente para dar a sensação de melhora.

A propósito, indico que assistam ao filme; é um bom passatempo pra quem gosta de filmes com mensagem. Está disponível no Netflix por enquanto, e na internet a vontade 😉

Espero que tenham gostado, e que não vivam os dias simplesmente se deixando levar. Satisfação pessoal é extremamente fundamental.

Um beijo e até a próxima.

13876501_10209436672735998_8933851372080744167_n

Já não é mais um BEDA, afinal desapareci por infinitos dias rsrsrsrs Mas vale lembrar que tem bastante gente mantendo o pique, e postando todos os dias nesse mês de Agosto. Clica no banner e passa lá.

Momento natura

large

Créditos da imagem: Favicom Royals

Cabelo, cabelo meu, sem você eu não seria tão eu…

Não só esse trecho, mas também a música completa, ganhou destaque nos últimos anos. Definitivamente a onda natural voltou a tona, seja com cor ou textura do cabelo, tamanho de seio, ou do corpo; tornou-se quase uma corrente, todos em prol do natural.

Eu, assim como muitas pessoas, aderi aos cachos, e estou na caminhada para que eles fiquem mais lindos e definidos a cada dia.

Essa postagem é na realidade para deixar registrada minha alegria em arrumar meu cabelo por esses dias. Virou hábito prender metade do cabelo em uma trança e o restante, (a parte inferior), deixar solto. Com isso, consegui notar que os cachos estão na altura do ombro, cresceu tanto desde que cortei. Evidente, falta muito ainda, e ainda estou me adaptando a cuidar dele nessa nova vida que estou dando a ele, mas já estou amando. É tão bom cuidarmos de nós mesmos, principalmente sabendo que não estou quebrando o fio para que ele fique arrumadinho, ou “no lugar”.

Então a mensagem de hoje é essa; pra quem ainda não está vendo os fios naturais chegando, pois aderiu recentemente, aguente firme, cuide bem do seu cabelo, dê carinho e atenção pra ele, porque cada minuto de dedicação é recompensado quando tu olha no espelho e o vê crescendo forte e saudável.